Bombeiros fazem operação noturna para resgatar jovem que ainda está preso em pedra no RJ; quatro são retirados e um morreu

73

O Corpo de Bombeiros de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, montou na noite desta terça-feira (5) uma nova operação para resgatar um jovem que ainda está preso na Pedra do Imperador. Quatro pessoas foram retiradas durante a tarde e uma morreu após cair de uma pedra na noite de segunda (4). Segundo os militares, eles foram para o local após fugir de uma abordagem da PM e acabaram ficando presos.

O comandante do Corpo de Bombeiros, Alexandre Pitaluga, disse que a operação para resgatar o quinto jovem durante a noite é mais complexa porque ele está em uma área diferente dos outros quatro.

“Foi preciso criar um novo ponto para ancorar as cordas e fazer o resgate, sabendo que não é recomendado fazer esse tipo de trabalho em pedra à noite. É uma operação muito técnica”, disse Pitaluga ao Rlagosnoticias.

Segundo o comandante, 11 bombeiros trabalham no resgate e conseguiram chegar até um local mais alto por meio de uma trilha.

Ele disse que os militares estão perfurando as pedras e colocando grampos para ancorar as cordas e conseguir descer até o ponto onde o jovem está. De lá, vão seguir até a base da montanha. Não há previsão para o término da operação, segundo os bombeiros.

De acordo com Pitaluga, o resgate do grupo começou às 11h desta terça-feira (5). Os outros quatro jovens estavam juntos em um mesmo ponto e foram retirados após seis horas de operação.

Eles foram acautelados pela Polícia Militar (PM) e levados para o Hospital Raul Sertã (HRS). O Rlagosnoticias tenta contato com a unidade para saber o estado de saúde deles.

O corpo da vítima também foi removido e levado para o Instituto Médico Legal (IML), em Nova Friburgo.

Operação da PM

Sobre a operação na noite de segunda-feira (4), a PM disse ao Rlagosnoticias que estava em patrulhamento pelo bairro Alto de Olaria e informou que os jovens começaram a correr assim que viram a viatura.

Os militares afirmam que tentaram alcançar o grupo, que entrou em uma mata e começou a subir a pedra. A PM disse ainda que não sabe o motivo pelo qual o grupo fugiu.

A irmã de um dos jovens presos na pedra informou que eles gritaram por socorro.