PM recebe 142 novas viaturas

63

A Polícia Militar recebeu, nesta terça-feira, 142 novas viaturas em uma cerimônia no pátio do Batalhão de Polícia de Choque (BChq), no Centro do Rio. Além dos carros, também foram entregues dez ônibus com 38 lugares, comprados pelo Gabinete de Intervenção Federal.

O governador do Rio, Wilson Witzel, participou da solenidade e disse que as viaturas são importantes, principalmente para o uso no patrulhamento das vias expressas e em locais com altos índices de criminalidade.

“Vai ser muito importante (o uso das viaturas), especialmente para o patrulhamento das vias expressas, como Linha Vermelha, Linha Amarela e Avenida Brasil. Estamos mandando um contingente para São Gonçalo, onde há um índice de criminalidade elevado. Com isso, os índices de criminalidade serão reduzidos ainda mais.”

Witzel também falou que os roubos de rua devem diminuir. “É um índice que nós precisamos reduzir. Com as viaturas e com a quantidade de policiais que até o final do ano nós vamos incorporar, certamente esses índices vão ser reduzidos sensivelmente.

As câmeras vão começar a funcionar em Copacabana, e com o monitoramento eletrônico, mais viaturas, mais policiais, planejamento, manutenção, certamente este ano será um ano de crescimento da atividade de segurança e decréscimo de todos os índices de criminalidade.”, o governador completou afirmando que está satisfeito com “esse início de governo”.

As 42 picapes Forde Ranger serão distribuídas entre a unidade de Rondas Especiais e Controle de Multidões (RECOM), o Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE), o 7º BPM (São Gonçalo) e o 15º BPM (Duque de Caxias). Os 100 sedans Nissan serão usados no policiamento durante o Carnaval e, após o feriado, serão encaminhados para os Batalhões, de acordo com a necessidade.

O secretário de Estado de Polícia Militar, coronel Rogério Figueredo de Lacerda, disse que a entrega das novas viaturas representa o começo de uma grande jornada que a corporação tem pela frente. “Assumimos publicamente o compromisso de ampliar ao máximo o policiamento ostensivo e preventivo, a principal missão constitucional da Polícia Militar e um dos pilares fundamentais para acelerar a queda dos indicadores criminais.”