Mulher tem parte do corpo queimado por ex-companheiro em Paraíba do Sul

55

A prática do feminicídio vem preocupando as autoridades e mais uma tentativa deste tipo de crime aconteceu na região, desta vez em Paraíba do Sul, na manhã desta terça-feira (26).

A vítima, de 38 anos, saía de casa para trabalhar quando foi cercada pelo ex-companheiro que a chamou para conversar dentro do carro. Ela percebeu que havia duas garrafas de gasolina e arremessou um das garrafas para fora do veículo.

Chegando na estrada de Membeca, que fica depois do bairro de Matosinhos, o homem jogou a outra garrafa de gasolina no interior do veículo e na vítima, ateando fogo logo em seguida.

A mulher conseguiu sair do carro e correr, mas, mesmo assim ainda teve parte do corpo carbonizado. O homem fugiu. Um motociclista ainda prestou ajuda a vítima pelo caminho e a levou até em casa, em Werneck, e depois outra pessoa a conduziu de carro até o Hospital Nossa Senhora da Piedade, no centro de Paraíba do Sul.

Segundo a unidade médica, a mulher teve 35% do corpo carbonizado, sendo os pés, as pernas e as costas atingidas pelas chamas. A unidade médica informou ainda que o estado de saúde dela é estável e que aguarda uma vaga para ser transferida para um hospital de tratamento específico.

A vítima tinha terminado o relacionamento há duas semanas, após 10 anos de convivência com o agressor. Segundo informações da filha da vítima, o ex-companheiro estava ligando há algum tempo e fazendo ameaças.

A Delegacia de Paraíba do Sul continua investigando o caso, contudo, acredita-se que a motivação para a tentativa de feminicídio tenha sido o término do relacionamento.

O homem, identificado como  Marcos Antonio Coelho de Souza, de 46 anos, está foragido. Para qualquer informação sobre o agressor, a polícia solicita que as denúncias sejam feitas pelos telefones: (24) 2263-8985, (24) 2252-5499 ou Wathsapp: (24) 99262-5382. O sigilo é garantido ao denunciante.