Jovem que estava em carro de lotada que capotou durante perseguição do IMTT morreu agora á tarde no hospital de Campos do Goytacazes

78

Um veículo modelo Zafira de cor prata que era usado como ‘lotada’ bateu em um ônibus da empresa Rogil e capotou, deixando quatro pessoas feridas, no final da manhã deste sábado de Carnaval, em Campos.

Segundo a Prefeitura de Campos, uma equipe do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) estava em uma viatura do órgão e tentava abordar o veículo, cujo motorista percebeu e tentou fugir, furando vários sinais até bater com o ônibus (veja nota da PMCG no final).

Um dos feridos no acidente, o jovem Paulo Henrique Rangel Junior (foto acima), de 19 anos, morador do bairro da Lapa, chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital Ferreira Machado. Paulo estava na companhia de colegas e iríam para a praia de Grussaí.

O acidente ocorreu no cruzamento da Avenida 7 de Setembro com Rua Riachuelo, em frente a loja ‘Compensados e Cia’, no Parque Riachuelo. Os quatro feridos eram passageiros da Zafira. Dois estavam desacordados no momento em que eram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Eles foram levados para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

O motorista da Zafira não foi encontrado no local. Ele estaria fazendo a ‘linha’ Campos/Grussaí e trafegava pela Rua Riachuelo. Já o ônibus estava trafegando, segundo a polícia, pela Avenida 7 de Setembro.

NOTA DA PREFEITURA:

Na manhã deste sábado (2), o motorista de um veículo de lotada desobedeceu uma abordagem por fiscais do IMTT e seguiu em alta velocidade pelas ruas, avançando brersos sinais vermelhos e colocando em risco a vida dos passageiros e dos usuários das demais vias. No cruzamento da Riachuelo com a 7 de Setembro foi atingido por um ônibus, vindo a capotar 

O IMTT reforça que a abordagem ocorreu conforme prevê a legislação, sendo desobedecida pelo motorista. O órgão reforça ainda que o transporte irregular de passageiros é um risco para as pessoas que o utilizam e para toda a sociedade.