Operação “Reza a Vela” é realizada por policiais do 25ª BPM e 126ª DP, na Favela do Lixo para coibir o Tráfico de Drogas e o baile Funk clandestino em Cabo Frio

104

Uma mega Operação denominada de “Rezar a Vela”, foi realizada na madrugada deste Domingo (31), na Favela do Lixo no bairro Manoel Correia em Cabo Frio. 

Mais de 100 agentes das Policias Civis e Militares do 25ª BPM participaram da Operação Integrada para reprimir o Baile Funk clandestino e combater o Tráfico de Drogas. 

O Tráfico de Drogas está sendo asfixiado na Região dos Lagos.Depois de apreensões ao longo da semana desta vez as Forças de Segurança se uniram e em Uma Operação Integrada Policiais do 25º BPM e da 126º DP deram um duro golpe na Comunidade do Lixo dominada pela Facção Comando Vermelho. 

Após intensa troca de tiros durante Baile Funk um menor foi apreendido com grande carregamento de entorpecentes e várias motos foram apreendidas após serem abandonadas. 

O mais importante e a UNIÃO das Forças de Segurança e a Técnica empregada. Mesmo durante a intensa troca de tiros não tivemos inocentes feridos e desestabilizamos o Tráfico na Região.  Disse o Cap. Caldas para a Redação do Rlagosnoticias. 

O inspetor Guimarães coordenou as Equipes da Polícia Civil, o Sub Cmte do 25º BPM coordenou os Policiais Militares e o Cap. Caldas as Equipes do GAT. Foram empenhados também Policiais do serviço Reservado a P2. 

[metaslider id=3316 cssclass=””]

Com a chegada das equipes policiais, os marginais efetuaram disparos de arma de fogo contra os policiais, havendo o revide a injusta agressão.

O Evento Clandestino Baile Funk foi devidamente encerrado, sendo apreendido,413 pinos de cocaina,467 buchas de maconha, 45 lança perfumes, 01 rádio transmissor, uma quantia de R$122 reais em espécie,08 motos,02 Granadas e 01 Espada de Oficial.

Várias pessoas foram encaminhadas para delegacia pelos agentes como suspeitos, um menor de idade foi preso e autuado no artigo 33 Tráfico de Drogas, o mesmo estava com uma mochila carregada de drogas.  

A operação “Reza Vela” começou após 30 dias de uma investigação que descobriu que traficantes estariam reunidos na madrugada deste domingo em um baile funk com o intuito de comemorar o aniversário de um dos donos do tráfico de drogas da localidade.Na festa, havia venda indiscriminada de drogas e bebidas alcoólicas para menores de idade.

Segundo a Polícia Militar, o evento foi encerrado e cerca de 300 pessoas foram revistadas e tiveram as suas fichas criminais consultadas. 

Vale ressaltar que os policias do 25ª BPM de Cabo Frio, vem trabalhando incansavelmente durante este mês de março na Região dos Lagos, só este mês o prejuízo no Tráfico de Drogas na Região passa de R$: 2 milhões de reais, sem falar do GAT sob o comando do Cap. Caldas, que não está dando trégua para bandidagem está passando o cerou em tudo, e com isso protegendo toda a população da criminalidade.