Hospital da Mulher enterra Bebê como indigente em Cemitério do Jardim Esperança em Cabo Frio

112

Nossa redação do Rlagos Notícias,está apurando todos os detalhes de mais uma morte,de uma criança neste final de semana, em Cabo Frio.

A grande confusão que ocorreu neste domingo (07),foi por causa desta morte,onde um pai desesperado,busca informações que levou a morte de seu filho na unidade hospitalar na hora do nervosismo ele perdeu a cabeça e começou a fazer o quebra quebra.

Mas não para por aí não,a família quando foi procurar saber sobre a criança,foi informada pela direção do hospital que a criança já havia sido enterrada.

Recebemos informações que a criança foi enterrada no Jardim Esperança como indigente, um absurdo gravíssimo que a direção do hospital tomou, sem dar um parecer para a família do bebê.

Como pode um hospital enterrar uma criança sem o consentimento da família,sem realizar exames para descobrir a causa da morte, e sem um laudo da polícia, por que até o momento em que a gente sabe a polícia civil não foi informado sobre a morte da criança pelo hospital. Como se faz um enterro sem uma guia de sepultamento.

Secretaria de Saúde vocês estão achando que o bebê e o que? Estão querendo abafar o caso isso e ocultação de cadáver, enterrar uma criança sem a presença da família.

Gostaria de solicitar às autoridades competentes Ministério Público, 126ª DP, o hospital tem que responder por isso, é crime o que eles fizeram, estão querendo sumir com provas sobre a morte desse bebê.

Cadê o laudo da morte dessa criança,será que foi feito,ou os médicos inventaram uma causa de morte.

Nossa redação está aberta,para a família se pronunciar sobre o caso a hora que vocês quiserem.

A redação do Rlagos Notícias aguarda uma nota de esclarecimento da Secretaria de Saúde sobre a falta de respeito que o hospital cometeu em enterrar uma criança que tem família.

Um Sindicância deveria ser aberta contra este hospital,ate quando isso vai ficar assim, Cabo Frio indo de mau a pior largado as traças.