25ª BPM de Cabo Frio une forças com a 126ª DP para combate a criminalidade da Região dos Lagos.

34

Prejuízos de drogas apreendidas, durante os últimos meses de 2019,passam de milhões de reais, isso significa que o novo comando não está para brincadeira, e estão cercando geral para combater o crime da Região.

A Região dos Lagos ganhou reforço de peso,para garantir a Segurança dos seus moradores. A frente da 126ºDP,temos o Dr. Sergio Caldas e comandando o Grupamento de Ações Táticas do 25º BPM temos o Capitão Caldas.

Dois Policiais com experiência, de mais de 25 anos de serviço e que tem em comum,não apenas o nome mas um currículo,que os credenciou a ficar à frente da Segurança de Cabo Frio.

O Dr. Sergio Caldas, e um profissional com anos de experiência e tem dirigindo o Setor de Operações o também experiente Inspetor Guimarães, o Cmte do 25º BPM optou pelo Cap Caldas, para ficar a frente da CIA de Cabo Frio, e após assumir ocorreu um aumento significativo de Prisões e Apreensões de Drogas nas comunidades da Região.

O 25ª BPM de Cabo Frio, está com uma equipe muito boa de policiais,todos muitos satisfeito com o comando e motivados a fazer um serviço de bem, tirando das ruas os bandidos, as armas e as drogas.

Agora estes dois expoentes uniram forças e estão realizando Operações integradas como a que ocorreu nesta manhã de Segunda Feira que foi batizada de “Brothers in Arms”.

Números revela que o novo Comando do 25ª BPM estão empanhados em trazer resultados , trabalho está de primeira linha.

A vagabundagem já começou a perceber a diferença, pois os policiais não estão de brincadeira,a equipe do GAT, vem realizando um trabalho de grande valor na região, não é fácil fazer o que esse homens fazem, arriscar a vida para defender o povo de bem.

De Janeiro até Abril os números de Drogas,apreendidas é surpreendente em apenas 4 meses a policiais conseguiu tirar das ruas cerca de 239.5 Kg de Cocaína,704,2 Kg de Maconha,10.3 Kg de Crack e 27.680 ml de loló.

Já o números de presos foram 1,009 Adultos e 289 Menores de Idade, sem falar que foi arrecadado,cerca de R$: 62 mil reais em espécie durante este período.

Só de armas foram tiradas das ruas 235,fora os artefatos explosivos que foram 12, e mais de 2,622 munições.

No mês passado o prejuízo ao narcotráfico com prisões e apreensões de armas e drogas superou a quantia de R$ 2.000.000,00 de reais.