ESCÂNDALO “A culpa é do Pré – Natal” afirma nova Diretora do Hospital da Mulher de Cabo Frio em entrevista a Tv Globo

67

Como pode um hospital afirmar uma situação dessa, como sempre a Secretaria de Saúde querendo sair bem da história como boazinha,para limpar a imagem da Saúde de Cabo Frio.

A nova diretora a ginecologista e obstetra Tânia Lydia Matosinhos Lowen Pires assumiu a diretoria geral, do Hospital da Mulher em Cabo Frio, e já está sendo mau vista pela sociedade Cabofrienses após uma entrevista a Rede Globo nesta Terça – Feira (10), que deixou muita gente revoltada principalmente mães que perderam seus filhos no hospital durante os últimos meses.

Quando o repórter da Tv Globo perguntou a Drª Tânia como aparar estás mortes que está acontecendo no hospital da mulher em Cabo Frio, ela respondeu:

“Principalmente é através do pré natal,porque muitas dessas mortes,poderiam ter sido  evitadas, se essa mulheres tivesse feito o pré natal,adequado, tivessem ido a consultas de pré natal,evitando doenças que ocassionaram a morte muitas vezes esses bebês entre o útero,e a gente tem aqui vários tipos de mortes, a morte domiciliar que a gestante já chega com o feto morto, e os óbitos que acontece antes de 24 horas e depois de 24 horas,infecções de diversas formas”.

Essa foi a fala da Srª Tânia,diretora do Hospital da Mulher, fala que repercutiu na cidade toda, onde causou uma polêmica na sociedade e o povo ficou revoltado do descaso que a Saúde está tendo de colocar a culpa nas mães.

A saúde de Cabo Frio está péssima, sempre foi nunca deu um suporte adequado a população, falta tudo na saúde, faltam remédios, faltam médicos, faltam ambulâncias, falta respeito, falta tudo.

O mais impressionante nesta história, é que o Prefeito é médico, ele como médico era para dar um exemplo para o povo e valorizar mais a saúde, e lamentável o prefeito ter deixado as coisas chegar onde chegou,em 8 meses está assim imagina se ele for prefeito nas próxima eleições por mais 4 anos, a cidade afunda de vez.  

O povo tem que ir para as ruas,essas mães não podem se calar e deixar que isso fiquem assim,que essa Secretaria de Saúde culpem vocês pela negligência e erros médicos que o hospital causou.

Vale lembrar que uma CPI foi aberta pela Câmara de Vereadores, para investigar as 17 mortes que ocorreu de Janeiro até Abril, vale ressaltar também que no último final de semana o hospital cometeu um crime em enterrar uma criança como indigente sem a presença da família afirma o pai da criança para nossa redação.

O engraçado nisso tudo é que as mães,têm todas a documentação que prova que o pré natal foi realizado, o maior problema é que quando elas chegam no hospital os médicos ficam segurando elas até os últimos segundos,para realizar o parto normal, sendo que tem que ser cesárea,quando os procedimento é tomado já não dá mais tempo aí o bebê já está morto.

Nossa redação procurou mulheres grávidas em Cabo Frio, e todas afirmaram para nossa redação do Rlagos Notícias, que estão com medo de terem seu filho no hospital da mulher, por que os números de mortes estão fora do normal e geram medo e preocupação pelos descasos dos médicos da unidade hospitalar.

Elas afirmaram também que o hospital não passa seguranças e que Cabo Frio brinca com uma Saúde como se estivesse brincando de casinha.

“Nós fazemos o Pré natal sim! Tudo acompanhado, mês a mês,pela a ginecologista, tudo registrado e anotado, compramos roupinhas, fazemos aquele enxoval lindo, esperando a nossa maior riqueza chegar que é o filho que planejamos, e chega na hora do parto ele morreu por descaso de uma Saúde precárias é um absurdo isso é muito triste, afirma uma das grávidas que não quis se revelar”.

Até quando a Prefeitura e a Secretaria de Saúde vai ficar mentindo e falando que o povo e mentirosos.