Delegada Juliana Rattes da DEAM de Cabo Frio dá entrevista sobre o caso Andressa jovem estuprada por 4 horas em Cabo Frio

97

Segundo informações fotos dos jovens mortos estão sendo analisadas pela vítima,se são eles os estupradores

Coletiva de Imprensa Com Delegada Titular da Deam de Cabo Frio Caso Andressa

Na tarde desta Terça Feira (07), a delegada Titular da Deam Drª Juliana Rattes, conversou com os Jornalistas sobre o caso da Jovem Andressa, que foi sequestrada e abusada por 4 horas num carro.

Na coletiva a delegada falou que o caso segue em investigação, que a polícia já buscou imagens de câmeras onde os sequestradores passaram, para tentar encontrar o terceiro culpado. A delegada também afirmou,que a sua equipe passou a tarde de segunda-feira (06), inteira fazendo oitivas da vítima onde ela foi relatado detalhes do estupro para que a polícia possa seguir com investigações.

A delegada também afirmou, que a jovem está vendo fotos dos jovens que foram mortos, para ver se realmente são eles os homens envolvidos no estupro, nada ainda foi confirmado se eles são os autores, uma nova oitivas vai ser feita na tarde desta Terça Feira (07), na Deam onde a vítima passará por várias perguntas, para ajudar os policiais a investigar esse crime bárbaro que chocou a cidade.

De acordo com a Drª Juliana Rattes a lanchonete que foi assaltada em Cabo Frio,pelos criminosos, não prestaram nenhum queixa na delegacia, e que na sequência do sequestro ele havia roubados lanches de pessoas que estavam sentados na lanchonete.

Imagens do circuito internos de lugares onde os criminosos passaram, já estão em poder da polícia e a delegada afirma que as imagens vão ajudar muito, pois estão bem nítidas.

A nossa equipe segue numa linha de investigação muito rigorosa e sigilosa, para que nenhuma informação vaze e atrapalhe o caso, já temos muitas pistas, estamos trabalhando dia e noite para resolver o mais rápido possível esse caso e colocar esse criminoso atrás das grades, afirmou a Drª Juliana Rattes para a redação da Rlagos Notícias.