Funcionários da Educação de Cabo Frio fazem greve por falta de salario do governo safado

36

Os profissionais da Educação de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, paralisaram as atividades e realizaram um ato nesta sexta-feira (10) na frente da Prefeitura.

Eles reivindicam reajuste salarial e cumprimento do calendário de pagamento. A decisão foi tomada depois de uma assembleia nesta quinta (9).

Segundo o sindicato da categoria na região, o Sepe Lagos, cerca de 80% dos profissionais aderiram à paralisação.

Na quinta, algumas unidades não funcionaram porque alguns servidores não tinham dinheiro para pagar a passagem.

De acordo com o sindicato, a Prefeitura chegou oferecer um reajuste de 5% parcelado em duas vezes, mas os profissionais recusaram a proposta.

Em nota, a Secretaria de Educação informou que realizou na manhã desta sexta uma plenária com os servidores.

“A reunião teve o propósito de “apresentar informes e esclarecer à equipe as questões relativas à falta de pagamento e o consequente funcionamento da secretaria a partir deste contexto”, diz parte da nota.

Ainda segundo a secretaria, também foi apresentado um panorama dos últimos acontecimentos e o posicionamento da secretaria em relação a deflagração de greve pelo sindicato