Jornalista da Rlagos Notícias é agredido verbal e fisicamente por Assessor Ribamar da prefeitura a mando do Prefeito Adriano Moreno “Vídeo mostra toda a situação”.

127
Jornalista sendo agredido por funcionário amando do Prefeito Adriano Moreno

Na tarde desta quinta- feira (16), um jornalista da redação da Rlagos Notícias,esteve no hospital da Mulher de Cabo Frio onde a equipe da CREMERJ,esteve no hospital interditando a unidade por falta de algumas irregularidades.

O jornalista estava ali apenas fazendo o seu trabalho de imprensa que é livre, cobrindo todo o acontecimento que se passava no hospital.

Quando o prefeito chegou no Hospital da Mulher o jornalista da Rlagos Notícias foi até o prefeito para saber dele informações,do que estava acontecendo naquela unidade hospitalar.

Do nada o jornalista da Rlagos Notícias foi empurrado e xingado por um assessor de nome Ribamar a mando do prefeito Adriano Moreno. Não bastasse isso, o jornalista foi surpreendido com um tapa do funcionário onde teve seu celular retirado.

O mesmo não quis devolver mas o jornalista com muito sufoco consegui retirar o telefone das mão desse funcionário capacho do prefeito Adriano Moreno, que não satisfeito jogou o telefone no chão onde veio trincar a tela.

O jornalista estava ali como todos estavam apenas realizando o seu trabalho, e o mesmo teve esse trabalho finalizado quando foi desmoralizado na frente de várias pessoas que o viram passar essa vergonha por causa desse prefeito que não sabe o que é direito de imprensa, pois a imprensa é livre.

Artigo 220 da Constituição Federal de 1988: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição, sendo livre o direito do Jornalismo.

A direção de Jornalismo da Redação da Rlagos Notícias, lamenta essa situação ocorrida com nosso querido amigo e colaborador do Portal.

Em nota o setor jurídico já está tomando as providências cabíveis sobre o fato ocorrido.

Essa falta de respeito com a imprensa e com o jornalista que estava trabalhando não pode se repetir.