Por falta de atendimento em Cabo Frio grávidas estão sendo levadas para Bacaxá e São Pedro da Aldeia, internauta revoltado desabafa em áudio.

44
Áudio de internauta revoltado com a mentira do governo de Cabo Frio

Mais uma mentira do governo sujo de Cabo Frio, mentindo para o povo que o hospital da mulher está funcionando, sendo que de acordo com o Presidente do CREMERJ Sylvio Sergio Neves Provenzano, o hospital da Mulher de Cabo Frio segue interditado até segunda ordem.

De acordo com o CREMERJ, o hospital voltará a funcionar quando a secretaria de Saúde e a Prefeitura adequar a unidade com as normas estabelecidas pelo Conselho

Por motivo de interdição do Hospital da Mulher os atendimentos estão sendo feitos no Hospital Maternidade Missão de São Pedro da Aldeia.

Nossa redação da Rlagos Notícias entrou em contato com  a Maternidade de São Pedro da Aldeia e fomos informados que por motivo de lotação as grávidas com contrações e para ganhar neném estão sendo levadas para o Hospital de Bacaxá em Araruama.

O problema maior é que os vereadores ficam fazendo teatrinho junto com o prefeito falando por aí que o hospital está normal e recebendo atendimento, sendo que a situação não é essa.

O Hospital da Mulher não está realizando nenhum tipo de atendimento, mais uma mentira dos vereadores e do prefeito que ficam maquiando a sujeira que está em Cabo Frio, falando que está  normal o atendimento para gestantes, sendo que o hospital está parado sem realizar atendimento.

Um internauta revoltado que esteve com sua namorada passando mal na unidade, foi informado pela recepcionista que a unidade não está funcionando e nem realizando atendimentos de urgência.

Mas uma vez o governo da mentira brincando com vidas na cidade,por causa de incompetência da Prefeitura e da Secretaria de Saúde que está acontecendo isso em Cabo Frio,grávidas que às vezes não têm  condições de ir para outra cidade estão tendo que ir para Bacaxá e São Pedro da Aldeia,onde vai parar isso tudo!

A cidade debaixo d’água e muitas grávidas tendo que sair debaixo dessa chuva para cidades vizinhas por causa dessa safadeza da prefeitura de Cabo Frio, que não seguiu as recomendações  do CREMERJ,onde veio ocorrer a interdição do Hospital da Mulher.