‘Advogado vai apresentá-lo amanhã’, diz delegado sobre lutador do UFC Alex Cowboy

54

O lutador de UFC Alex Cowboy deve se apresentar na delegacia com o seu advogado na segunda-feira (27) em Três Rios, RJ. Segundo a Polícia Civil, ele foi intimado para prestar depoimento depois de agredir a ex-esposa e pilotar uma moto segurando o filho de cinco meses no sábado (25).

“Nós tentamos entrar em contato com o treinador, mas não conseguimos o contato direto. Fizemos a intimação junto aos familiares e o advogado dele entrou em contato e vai apresentá-lo amanhã”, disse o delegado André Lourenço, reforçando que não há nenhum mandado de prisão em aberto contra o atleta.

De acordo com a polícia, o caso aconteceu na casa dos pais dele, no bairro Morada do Sol. A ex-esposa, de 24 anos, foi a residência para que o filho fizesse uma visita. Porém, o lutador teria chegado exaltado, alcoolizado e querendo pilotar a moto com o neném. De acordo com o depoimento da jovem, ele teria puxado o cabelo dela, dado socos, além de quebrar vidros e uma porta da casa.

“A ex companheira dele compareceu ao exame [de corpo de delito] e agora estamos aguardando a emissão do laudo”, contou o delegado.

A polícia informou ainda que Alex conseguiu subir na moto e levou o filho sem capacete. O bebê foi deixado com a irmã dele, na estrada do Açude. De acordo com a polícia, esta foi a segunda confusão que o lutador se envolveu neste sábado. Por volta das 5h30, ele discutiu com um segurança — com quem já teria desavenças — ao sair de uma festa na Ilha di Capri. Ele teria feito ameaças ao homem, que prestou depoimento na delegacia.

Os dois casos são investigados na delegacia de Três Rios, onde o lutador foi autuado pelos crimes de lesão corporal, injúria e ameaça. “Vamos aguardar também o posicionamento da apreciação das medidas protetivas”, finalizou Lourenço.

Procurado pelo Rlagos Noticias, o treinador do atleta informou que “ele [Alex Cowboy] irá, junto com seu advogado, ao encontro do delegado responsável, dar a sua versão do ocorrido, oportunamente”.

Discussão no Natal

Há cinco meses, o lutador se feriu com uma granada durante uma discussão com a família no Natal. Ele tentou separar uma briga da tia dele e acabou machucando a perna. O atleta foi abastecer o carro durante a noite, quando viu alguns parentes envolvidos em uma briga e parou para saber do que se tratava. No meio da confusão, uma granada foi atirada em direção a Alex Co