Diretora do Hospital da Mulher da depoimento na CPI que investiga a morte de 17 crianças em Cabo Frio.

79

A diretora do Hospital da Mulher, Tânia Lydia Matosinhos, disse em depoimento a CPI do Hospital da Mulher, que vinte bebês morreram na unidade entre janeiro e maio e não 17 como divulgado, oficialmente.

A deputada Renata Souza revelou que as mortes não tiveram como causa a falta de pré-natal das mães.

Segundo ela, documentos comprovam que dez mulheres que per-deram seus bebês estavam com o pré-natal em dia.

A médica prestou depoimento a comissão que investiga as mortes na unidade. Tânia Lydia, é atual diretora do Hospital mas, ocupava, na época, a comissão de óbitos.