Pescadores recebem doações de alimentos em Cabo Frio

37

Pescadores da Praia do Siqueira, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, receberam doações de alimentos nesta quinta-feira (20). As doações foram feitas por moradores e seguidores de uma página na internetadministrada pelos profissionais.

As arrecadações renderam 50 cestas básicas que foram distribuídas para as famílias de pescadores que estão mais necessitados.

De acordo com os pescadores, eles estão há oito meses sem conseguir pescar sequer 1 kg de camarão. Os pescadores também disseram que houve uma grande redução na quantidade de tainha pescada. Antes, eles pescavam cerca de 8 toneladas. Agora, conseguiram pegar cerca de 800 kg.

O pescador Pablo Santos é fundador do Movimento SOS Lagoa e contou que, devido a escassez na pesca, as famílias estão passando por dificuldades.

“A lagoa tá morrendo. Tem família dividindo salsicha e ovos para os filhos”, disse Pablo.

O grupo chegou a fazer um protesto na frente da sede da Prolagos, concessionária de água e esgoto em cinco cidades da região, na manhã do dia 14. Os pescadores alegam que o despejo de esgoto na Lagoa está interferindo na vida no local e por isso a pesca está sendo afetada.

A concessionária informou que “representantes da Prolagos receberam um grupo de pescadores, na sede, em São Pedro da Aldeia, sanaram dúvidas e apresentaram projetos em curso, como o estudo de hidrodinâmica da Lagoa de Araruama, realizado pela Coppe/UFRJ”.

A concessionária reforçou ainda que todas as estações elevatórias e de tratamento de esgoto estão operando normalmente.