Quatro cidades do interior entre elas Cabo Frio aparecem na lista das que mais furtam energia

60

Quatro cidades do interior do Rio estão no ranking das que mais furtam energia elétrica em todo o Estado, segundo um levantamento feito pela Enel, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica.

Araruama e Cabo Frio, na Região dos Lagos; Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense; e Maricá, na Região Metropolitana do Rio, estão entre as dez cidades onde os “gatos” são mais frequentes, de acordo com a empresa.

A concessionária disse que só no último ano foram registradas perdas de cerca de R$ 107 milhões.

De acordo com a Enel, Araruama está na quinta posição do ranking. Campos e Cabo Frio aparecem logo em seguida ocupando a sexta e sétima posição, respectivamente. Já o município de Maricá está na nona colocação.

A Enel informou que os “gatos” também prejudicam o fornecimento do serviço e impactam no valor da conta de luz, já que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) considera as perdas de cada distribuidora para calcular a tarifa de cada empresa.

Dessa forma, segundo a concessionária, todos pagam pelo furto. Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, as ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica.

Os “gatos” também podem ocasionar interrupção no fornecimento de energia, de acordo com a empresa.

Segundo a Enel, denúncias sobre o furto de energia podem ser feitas, anonimamente, pela internet ou pelo aplicativo.

Veja o ranking:

 – São Gonçalo 
 – Duque de Caxias 
 – Itaboraí 
 – Magé 
5º – Araruama 
 – Campos dos Goytacazes 
 – Cabo Frio 
 – Niterói 
 – Maricá 
10º – Angra dos Reis