Condenado por homicídio pela Justiça de Niterói é preso escondido na zona rural de Rio das Ostras

69

Agentes do Serviço Reservado da Polícia Militar (P2) prenderam, no início da manhã desta quarta-feira (24), um foragido da Justiça por homicídio, no distrito de Cantagalo, em Rio das Ostras.  Com ele, foi apreendido um revólver calibre 22 e 23 munições.

A ação foi deflagrada após informações repassadas ao Disque Denúncia sobre  o paradeiro do criminoso, que estava morando na zonal rural de Rio das Ostras desde a época do crime. Contra Marcio Rodrigues da Silva, de 40 anos, havia um mandado de prisão expedido em 16 de julho de 2018 pela 3ª Vara Criminal de Niterói, na Região Metropolitana do Rio.

Segundo a sentença, assinada pela Juíza Nearis Carvalho dos Santos, as investigações ocorreram por conta da Divisão de Homicídios 79ª Delegacia Policial (79ª DP), em Jurujuba. Marcio foi condenado a 36 anos de prisão em regime fechado por homicídio qualificado. Ele foi levado para a 128ª Delegacia Policial de Rio das Ostras (128ª DP), onde ficou à disposição da Justiça.

O crime

Marcio e o irmão, André Rodrigues da Silva, foram condenados pelas mortes de Alberto Jorge Ferreira dos Santos, Álvaro Santana Ramos e Denice de Souza da Silva, ocorridas no ano de 2008, na comunidade do Atalaia, em Niterói, onde os dois residiam. André já cumpre pena e Marcio estava foragido. Segundo a sentença, os irmãos assassinaram as três vítimas quando as mesmas se encontravam conversando sentadas em uma calçada, nas proximidades de um tradicional “forró”, na Comunidade do Atalaia.