SOCIAL# Cristiane Fernandes quem é ela? Onde vive? O que faz? Com quem anda?

127

Todo o dia em Cabo Frio não se fala em outra coisa a não ser “Política” e a atual situação que os Cabofrienses vêem enfrentando no momento, nesse cenário político surgem vários burburinhos que alguns do nosso meio cogitam estar presentes nas próximas eleições e como um jogo de xadrez querem a todo custo vencer e conquistar o povo com promessas de nos tirar deste sofrimento que já vem desde o ano de 2016.

Entre eles a nomes de pessoas que já estiveram no poder e os que ainda estão, mas eis que de repente surgem novos nomes que se destacam nesta lista de “Pré Candidato para 2020”.

Quem é Cristiane Fernandes?

Cristiane Fernandes é formada em Administração de Empresas, pós-graduada em Gestão Pública, Marketing de Qualidade, Andragogia (ciência de orientar adultos a aprender), Geriatria e Gerontologia. Também é paramédica, formada em 1997 pela Cruz Vermelha Brasileira.

Na área governamental, já foi secretária da Melhor Idade, presidente do Conselho Municipal da Garantia dos Direitos da Pessoa Idosa, delegada nas Conferências das Garantias dos Direitos da Pessoa Idosa, presidente da ONG Educarte, coordenadora-geral da Baixada Litorânea da Fundação Leão XIII, diretora do Departamento de Políticas Públicas e Garantia dos Direitos da Pessoa Idosa, entre outras funções.

Também concorreu a candidata ao cargo de vice-prefeita de Cabo Frio/RJ pelo PRP nas Eleições 2016 ficando na segunda colocação, com 23.287 votos.

Em 2018 ela rompe com Dr Adriano na disputa da eleição suplementar em Cabo Frio, que em seu comunicado, Cristiane afirma que não iria concorrer às eleições e que também não fazia mais parte do grupo de Dr Adriano afirmando que o ex-aliado “é mais um no meio de tanta podridão na política da cidade”.

A chapa de Cristiane Fernandes e sua vice Carmem Almeida (PSDB) tiveram o registro indeferido, de acordo com o TRE-RJ, Cristiane entrou com um pedido coletivo, que foi indeferido por ter sido considerado fora do prazo de inscrição, e também individual, que sofreu impugnação e ficou aguardando julgamento, mas concorreram as eleições e obteve zero voto (*Os 1.419 votos recebidos foram anulados devido à situação jurídica, em condição de recurso no Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília.)

Mas ela vem ai e promete que vai dar um novo olhar para Cabo Frio.

O que você acha disso?
Deixe aqui a sua opnião.