Polícia busca segundo suspeito de envolvimento na morte de vereador Ciraldo (DEM) em Araruama

Compartilhar

A Polícia Civil está em busca do segundo suspeito de envolvimento na morte do vereador Ciraldo Fernandes da Silva (DEM), de Araruama, na Região dos Lagos do Rio. Segundo a polícia, o homem já foi identificado, tem 26 anos e está foragido.

Nesta quinta-feira (12), a polícia fez buscas na Comunidade do Uta, no bairro Fazendinha, onde outro suspeito foi preso na terça-feira (10). A polícia informou que ele confessou o crime.

Durante a operação desta quinta a polícia apreendeu uma pistola 9 mm e drogas escondidas na mata. De acordo com a Polícia Civil, as investigações irão apurar se a arma apreendida foi utilizada na morte do parlamentar.

A delegada Janaína Peregrino informou que as investigações apontam que o crime pode ter sido motivado por uma desavença da organização criminosa de tráfico de drogas da cidade com o vereador.

Arma apreendida pode ter sido usada para matar o vereador em Araruama, no RJ — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O crime

Ciraldo Fernandes da Silva foi morto a tiros na noite de domingo (8) em frente a um bar.

O corpo do vereador foi velado na Câmara de Araruama e enterrado na manhã de terça no Cemitério Municipal.

Ciraldo foi o terceiro parlamentar mais votado em Araruama nas eleições de 2016 e estava no quarto mandato.

A Câmara de Araruama e a Prefeitura lamentaram a morte do vereador e decretaram luto oficial de três dias.

Comentários