Fonte do Itajuru recebe cultura musical africana

60

Neste domingo (20), das 14h às 20h, a cultura musical africana será tema da Sessão do Malungo, no Parque Municipal da Fonte do Itajuru. O evento faz parte do projeto de curadoria e discotecagem de músicas da África e seus caminhos via Oceano Atlântico. A entrada é franca.

Além da discotecagem, no local haverá exposição de zines, organizado pelo coletivo Subverso e uma edição especial do “Sarau Maldito”, projeto de pesquisa de textos de escritores considerados marginais e subversivos, recitado pelo poeta, Rapha Ferreira.

A Sessão do Malungo existe desde 2015 e já teve participações em eventos, como: Interferência Afro-Urbana e Soturno, em Cabo Frio; Baile Afro no Show da Lia do Itamaracá no Encontro de Tambores na UFF e Música Negra, em Rio das Ostras, e Festa Onda e Festa Melânica, em Campos dos Goytacazes. Também conta com playlists semanais na plataforma de streaming MixCloud.

Para o idealizador do projeto, o professor e rapper, Fábio Emecê, “o objetivo é reunir pessoas em um espaço público para imergir no que chamamos de música negra. Da África até nós, tem um longo caminho com várias ramificações, ritmos e vivências que além do conhecimento de novos sons, dá para dançar, interagir, namorar, experimentar. É a música negra fora da caixinha”, explicou.

O evento tem apoio da Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria de Cultura.