Fotos intimas da vereadora de Araruama vaza na internet e a mesma vai à polícia

132
Penha Bernardes (MDB), é Presidente da Câmara, ela registrou o caso na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no nesta segunda-feira (2). Vereadora acredita em ‘retaliação política’.

Maria da Penha Bernardes (MDB), presidente da Câmara de Vereadores de Araruama, na Região dos Lagos do Rio, denunciou à polícia o vazamento de fotos íntimas de 20 anos atrás.

A vereadora foi até a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (2) registrar o caso.

De acordo com Penha Bernardes, que assumiu a presidência da Câmara no início deste ano, três fotos vazaram em grupos de aplicativos de mensagens e a pessoa que fazia as publicações saía dos grupos imediatamente.

A vereadora afirma que as fotos foram tiradas na época que estava com o ex-marido e já tinham vazado anteriormente entre os anos de 2012 e 2013.

Porém, ela afirma que teve maior repercussão agora que ocupa o cargo de presidente da Casa Legislativa.

“É uma forma de me intimidar, de me calar, uma retaliação política por minhas ações fiscalizatórias”.

Ao registrar a ocorrência na delegacia, Penha disse que pessoas ligadas ao governo municipal estavam oferecendo dinheiro para terceiros para ter acesso as imagens.

Ela afirmou ainda que se sente violada e desrespeitada, mas acredita que os responsáveis pelo crime de internet serão punidos.

A equipe de reportagem também tenta contato com a Polícia Civil para saber se foi instaurado inquérito para apurar o caso.

Na internet, a Associação Brasileira de Advogados (ABA) de Araruama publicou uma nota de repúdio.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque seu comentário!
Por favor coloque seu nome aqui