Secretaria do Meio Ambiente flagra reincidência de extração irregular de minério

Compartilhar

Fiscais da Secretaria do Meio Ambiente, em parceria com a Polícia Militar, além de representantes do Ministério Público Estadual e do Inea – Instituto Estadual do Ambiente –, flagraram, nesta quinta-feira (20) a reincidência de extração irregular de minério em uma empresa localizada no bairro Monte Alegre.

O local já havia sido embargado em 2018 e multado pela extração de saibro para comercialização. Foram apreendidos 11 blocos, que comprovam a comercialização do saibro retirado da extração ilegal de minério, com datas recentes.

A multa, no valor de 10 mil reais, teve que ser expedida em nome da pessoa física responsável pela atividade, já que a empresa proprietária da área está inapta, conforme consulta à Receita Federal, justamente pela ausência de licenças ambientais para a atividade. O promotor do Ministério Público Estadual, Vinícius Lameira, determinou a apreensão de caminhões e do maquinário encontrados no local.

“Atuamos cada vez mais para dar pronta resposta às irregularidades praticadas contra o Meio Ambiente em Cabo Frio. A situação dessa empresa é emblemática, pois mesmo tendo sido flagrada no ano passado, multada e notificada a apresentar as licenças ambientais para a atividade, se manteve na clandestinidade. A entrada do Ministério Público Estadual na apuração dos fatos nos dá mais força para que continuemos a fiscalizar e punir os infratores. Todos os casos comprovados serão criminalizados e punidos pelo MPE”, afirmou Mario Flavio Moreira, secretário de Meio Ambiente.

A população pode e deve denunciar crimes contra o meio ambiente, pelo e-mail [email protected] O anonimato é garantido.

Comentários