PM youtuber Gabriel Monteiro perde porte de arma e sofre processo de expulsão da PM

Compartilhar

O policial militar e youtuber Gabriel Monteiro publicou um texto, na manhã desta quinta-feira (5), onde afirma que perdeu o porte de armas e está sofrendo um processo de expulsão da Polícia Militar.

De acordo com o agente, que já passou pelo 12ºBPM (Niterói), o principal motivo de sua possível expulsão, que será avaliada por uma comissão interna da Polícia Militar, seria um vídeo em que o policial militar denunciou uma suposta ligação entre o ex-comandante geral da PM, o Coronel Ìbis, e traficantes do Comando Vermelho do Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio.

“Se eu morrer, igual meu amigo da foto, saibam que os maiores responsáveis estão na alta cúpula da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Acabo de perder o PORTE DE ARMAS, fui afastado das ruas e entro no processo de expulsão da PM, hoje, pois, questionei o EX-COMANDANTE GERAL, atual CORONEL IBIS, de ter forte contato nas áreas do COMANDO VERMELHO.

Estou ameaçado de morte, não posso me defender, e o fato de lutar contra a corrupção me afasta dos sonhos que conquistei. Se eu morrer já sabem quem são os responsáveis”, diz o texto publicado em uma de suas redes sociais, que conta com cerca de 1,4 milhão de seguidores.

A Polícia Militar foi procurada, mas até o momento não respondeu ao questionamento. No momento em que a PM responder, a matéria será atualizada.

Comentários