Doutor Serginho é expulso do PSL, e fica com caminho livre para se candidatar

Compartilhar

O deputado estadual Doutor Serginho recebeu o sinal verde para se candidatar a prefeito de Cabo Frio nas eleições deste ano: o moço foi expulso do PSL nesta sexta-feira (13).

Apesar do racha interno do partido entre bolsonaristas e governistas, a saída de Serginho foi negociada — com intermediação do próprio senador Flávio Bolsonaro (sem partido) e do presidente nacional da legenda, Luciano Bivar, depois de negociações frutíferas com a Executiva estadual.

Pela legislação eleitoral, o deputado poderia perder o mandato caso simplesmente trocasse de partido — e uma ação na Justiça, alegando justa causa, poderia não sair em tempo para garantir a campanha.

O destino de Serginho ainda é incerto — mas a bússola política aponta na direção do Republicanos, cujo presidente, Marcos Pereira, se prontificou a receber bolsonaristas de braços abertos.

Para completar, no Rio, o prefeito Marcelo Crivella também tem cortejado a tropa, na esperança de ganhar o aval oficial do presidente da República.

No Tiradentes

Com a expulsão, no grupo de bolsonaristas do PSL ficam apenas Alana Passos, Anderson Moraes, Filippe Poubel. e Marcio Gualberto

A ala governista — que retomou a liderança do partido na Assembleia — é formada por Alexandre Knoploch, Gil Vianna, Gustavo Schmidt, Marcelo do Seu Dino e Rodrigo Amorim.

Fonte: Jornal Extras

Comentários