Após morte dentro de presídio em Campos dos Goytacazes, presos são isolados

134

A Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) informa que um interno, que estava acautelado no Presídio Dalton Crespo de Castro, em Campos, veio a óbito, na manhã desta quarta-feira (08).

A Seap informa, ainda, que, o mesmo não apresentava sintomas de virose respiratória. A princípio, o motivo da morte foi por causa natural.

A Seap destaca, ainda, que não houve nenhuma morte por coronavírus no sistema. Como ação protetiva, todos os presos, que estão ingressando no sistema, ficarão em isolamento social durante 14 dias. Após esse período, os mesmo serão inseridos no coletivo da unidade.

“Informamos, que graças ao empenho incansável dos servidores da Seap e ao apoio de familiares e visitantes dos internos que vêm contribuindo para o cumprimento das medidas protetivas adotadas pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro nas unidades, até o momento, não há nenhum caso confirmado de Coronavírus no sistema prisional fluminense”.