Moro elogia o PT para explicar como vencer a corrupção

123

“Sem citar nomes, juiz da Lava Jato usou o “inegável” avanço social do país nas últimas décadas, promovido em grande medida pelos governos petistas, como exemplo de que não há problema que não possa ser enfrentado. E propôs medidas para combater a corrupção”

“Responsável pela condenação do ex-presidente Lula na Lava Jato, o juiz Sergio Moro citou na noite da terça-feira (21) o “inegável” avanço social do país nas últimas décadas, promovido em grande medida pelos governos do PT, como exemplo de que não há problema que não possa ser vencido pelo país. Em palestra durante o 14.º Congresso Brasileiro de Procuradores Municipais, em Curitiba, Moro disse que a corrupção sistêmica pode ser combatida com sucesso da mesma forma que a desigualdade social foi reduzida nas últimas décadas.

Moro não chegou a citar nominalmente Lula, Dilma Rousseff ou o PT. Mas a referência aos governos petistas foi clara. Ele usou como exemplo do enfrentamento da desigualdade social os programas de transferência de renda e as cotas nas universidades. As duas políticas, embora tenham começado a ser implantadas no governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), se intensificaram nas administrações do PT. E viraram uma espécie de marca registrada dos petistas.

Moro disse ainda que a redemocratização dos anos 1980 e o combate à inflação na década de 1990 foram outros grandes desafios enfrentados e vencidos pelo país.”