Policia encontra uma carta de despedida em casa onde Flávio Migliaccio morreu em Rio Bonito

Compartilhar

A policia militar do BPRv, encontrou uma carta de despedida que o ator Global Flávio Migliaccio deixou antes de morre na manhã de segunda-feira (04).

De acordo com a PM, a carta estava em cima de uma escrivaria.

O corpo de Flávio foi encontrado pelo caseiro, Nelson Soares da Silva, no quarto do ator, agora pela manhã. O boletim de ocorrência foi feito pela quarta companhia do 35º BPM da BPRv. A perícia de Araruama foi ao local para liberar o corpo. 

A última participação do ator na TV foi em 2019 na novela “Órfãos da terra”, no papel de Mamede Aud. Ele também participou do filme “Hebe”, sobre a apresentadora Hebe Camargo, ao lado de Andrea Beltrão.

Flávio avisou para a afilhada, Morgana, que iria para Rio Bonito na semana passada. Migliaccio era muito querido no município e participava ativamente da vida cultural e política da cidade.

Flávio tinha 17 irmãos. Entre eles, a atriz Dirce Migliaccio (1933-2009), que ficou muito conhecida como a Judiceia Cajazeira, de “O Bem-Amado”, e como a Emília, de “Sítio do Pica-Pau Amarelo”.  O ator começou a carreira no teatro Arena.

“Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é (…) como tudo aqui. A humanidade não deu certo”, escreve o ator no texto, que circula nas redes sociais e foi confirmado como autêntico por um policial à Fórum.

Na carta, o ator diz ainda que teve “a impressão que foram 85 anos jogados fora num país como este e com esse tipo de gente que acabei encontrando”.

“Cuidem das crianças de hoje”, finaliza Migliaccio na carta.*

Comentários