Ex-secretário Edmar Santos é alvo de sindicância aberta pelo Cremerj

Compartilhar

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio abriu uma sindicância contra o ex-secretário estadual de saúde, Edmar Santos.

De acordo com o conselho, tendo em vista as acusações apresentadas, foi instaurado o procedimento para apurar possíveis desvios éticos na conduta à frente da secretaria. Segundo a denúncia, existe a possibilidade de Edmar Santos perder o registro de médico.

Na última sexta-feira (10), o Ministério Público do Rio apreendeu R$ 8,5 milhões no apartamento do ex-secretário. O Gaecc (Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção) encontrou cerca de R$ 7 milhões em reais e o restante em moedas estrangeiras, como dólares americanos, euros e libras esterlinas.

Sem divulgar nomes, o MP-RJ confirmou ainda que a fortuna foi entregue espontaneamente por um dos investigados na presença do advogado.

Comentários