MEC decide que estudantes vão ter de usar máscaras para fazer as provas do Enem 2020

Compartilhar

Os candidatos à prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 20202 vão ter de usar máscaras da entrada até a saída nos locais de prova, seja ela versão digital ou impressa. A decisão foi publicada em uma retificação do Edita feita pelo MEC, no Diário Oficial desta sexta-feira. Os estudantes vão poder levar uma máscara reserva para trocar durante a aplicação. Em casos de recusa, o participante pode ser eliminado.

Da mesma forma, quem não estiver usando a proteção no dia fica impedido de entrar no local de aplicação. Para a identificação, o participante poderá tirar a máscara para checagem com os documentos. Ainda assim, o texto indica que o manuseio do equipamento deve ser feito pelas laterais, como indicado pelo Ministério da Saúde. A medida também atinge os acompanhantes das lactantes, mas exclui os candidatos com autismo, deficiência intelectual, deficiências sensoriais, e outras deficiências especificadas no momento da inscrição.

Além da obrigatoriedade do uso da máscara, o edital pede que o distanciamento entre os alunos seja respeitado no momento de preparo para o exame.

Comentários