Motorista de aplicativo da 99 expulsa grávida de carro para não manchar banco e ela perde o bebê

Compartilhar

 Uma mulher grávida acabou perdendo o bebê que esperava depois de um motorista de aplicativo a expulsar para não manchar o banco do veículo. O caso aconteceu na última segunda-feira, em São Paulo. As informações são da Record TV. 

Daiany Franco, de 31 anos, estava grávida de 13 semanas, mas teve um sangramento e resolveu ir para um hospital. Para isso, ela e a mãe chamaram um carro por aplicativo, mas o motorista não gostou de saber que a moça estava sangrando e decidiu expulsá-la do automóvel no meio do caminho para não manchar o banco.

Segundo Daiany, o condutor repetiu várias vezes que “se o banco do carro manchasse elas teriam que pagar”. Mas, no meio do caminho, o homem desistiu da corrida e resolveu deixar as passageiras em um posto de gasolina. Nas imagens das câmeras de segurança do local, é possível ver quando mãe e filha descem do veículo. 

Nas imagens divulgadas pela TV, a mãe de Daiany pede ajuda aos frentistas e carros que estão no local. A gestante também aparece nas imagens –visivelmente com dor. Alguns minutos depois, uma viatura da Polícia Militar leva as duas para o hospital.

Daiany, infelizmente, perdeu o bebê e teve que passar por uma cirurgia. Ela acredita que se o motorista a tivesse levado para hospital ela poderia ainda estar com o filho no ventre. A plataforma da qual o motorista faz parte afirmou que ele foi bloqueado e que está prestando suporte à vítima.

Comentários