Festa termina com tragédia na Região dos Lagos | Família acusa mulher de matar o marido e jogar o corpo na Via Lagos.

137

Uma briga de casal terminou em morte, na Região dos Lagos. O casal discutia, quando voltava de uma festa. A família aguarda um desfecho. Confira o depoimento de um familiar da vítima. O caso aconteceu da madrugada de sábado para domingo (30).

De acordo com a família, o jovem tinha 17 anos e mantinha um romance com uma mulher de 32 anos. Após a morte do jovem a mulher fugiu e nunca mais foi vista, a família relatou que ela foi a última a ver ele , pegou os documentos na casa da mãe do jovem e sumiu.

“Na madrugada se sábado pra domingo meu irmão morador de praia linda , foi a uma festa da prima na serra antiga estrada de Iguaba- acompanhado de sua mulher , na volta da festa eles estavam brigando muito, pois ouve relatos de traição da parte dela e ela estava se drogando muito ele chamou atenção dela então começou as brigas ,meu irmão já estava alterado pois tinha bebido quebrou o celular dela , até que colocaram meu irmão dentro do carro pra levar ele pra casa mas ela tirou ele de dentro do carro e foram brigando depois disso ninguém sabe o que aconteceu entre os dois ,algumas horas depois meu irmão foi encontrado morto na altura da via lagos pertinho da empresa boi bom e ela teve na casa da minha mãe onde ela estava morando com meu irmão pra pegar os documentos dela , o pai do meu irmão perguntou por ele ela disse q estava voltando pra buscar ele , de fato falaram q ela voltou procurando ele ,ela não achou mas ela já sabia q ele estava morto e fugiu , só voltou pra ninguém desconfiar dela ,meu irmão estava jogado na pista passou um carro por cima dele sendo q esse carro não foi oque atropelou ele ,pois ele já estava morto na pista , esse rapaz do carro prestou socorro se disponibilizou em ajudar , o fato é que a mulher continua foragida não foi até agora na delegacia , mandou áudios chorando dizendo que não fez nada , mas quem não deve não teme”, afirmou.

A família agora aguarda a concessionária que administra a rodovia para liberar as imagens do momento que o carro passava e onde mostra o homem sendo jogando pela mulher.

O caso foi registrado na 125ª DP de São Pedro da Aldeia, onde está sendo investigado.