Ministério Público realiza operação contra lavagem de dinheiro da milícia no Rio

40

Equipes do GAECO, o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio de Janeiro realizam, na manhã desta quarta-feira (02), a terceira fase da operação ‘Intocáveis’. O objetivo da ação é cumprir mandados de prisão preventiva contra milicianos que atuam na região de Rio das Pedras, na Zona Oeste da Capital Fluminense.

De acordo com as investigações, o grupo é liderado por Marcus Vinicius Reis dos Santos, mais conhecido como “Fininho”, detido na primeira fase da operação. Mesmo preso, ele continua dando ordens aos integrantes da milícia

O Ministério Público aponta ainda que o grupo criminoso obteve vantagens indevidas de quase R$ 6 milhões, que foram submetidos a procedimentos de lavagem de dinheiro e agora estão bloqueados pela justiça. A denúncia aponta que o grupo adquiria imóveis e outros empreendimentos através da prática de extorsão.

Documentos e anotações apreendidos estão sendo levados para a sede do Ministério Público do Rio, na Avenida Marechal Câmara, no Centro da Cidade.

Além de Rio das Pedras, outros mandados estão sendo cumpridos em Curicica, Itanhangá, Recreio dos Bandeirantes e Jacarepaguá.