Cariocas escolhem Região dos Lagos para o feriado de Independência, e Búzios tem fila de carros para entrar na cidade

71

A Região dos Lagos, um destinos mais procurados pelos cariocas durante os feriados prolongados, começa a sentir sintomas que indicam que, mesmo em tempos de pandemia, a tendência é de que os municípios fiquem quase tão cheios quanto em tempos normais neste feriadão de Independência (7 de setembro). Já nesta sexta-feira, o município de Armaçao de Búzios já teve longas filas de carros na barreira sanitária para entrar na cidade.

De acordo com a concessionária Via Lagos, que administra a principal estrada que liga a Região Metropolitana à Região dos Lagos, esta sexta-feira teve um fluxo aproximado de 27 mil veículos e, neste sábado, o fluxo deve ser ainda maior, de 29 mil carros passando pela estrada em ambos os sentidos. Veja a previsão divulgada pela empresa:

  • Sábado (05/09) – 29 mil veículos
  • Domingo (06/09) – 18 mil veículos
  • Segunda-feira (07/09) – 32 mil veículos
  • Terça-feira (08/09) – 19 mil veículos
  • Total esperado: 125 mil veículos

Em Búzios, onde a fila de carro chamou atenção, e causou até preocupação entre os moradores — expressa nas redes sociais, —a prefeitura decidiu reforçar as barreiras sanitárias em função do feriado e, já nesta sexta, houve o início da chamada “Operação Independência” da Guarda Civil local, com o objetivo de intensificar a fiscalização no primeiro feriadão após a reabertura gradual do setor turístico. A prefeitura sabe que é grande a expectativa em relação ao número de visitantes. Quem estiver com as reservas regulares em hotéis, pousadas e hostels — que já oferecem poucas opções à véspera do fim de semana —, poderão entrar.

“Abriu as portas do inferno da Região dos Lagos??? Por que esse monte gente chegando em Cabo Frio, Búzios e Arraial do Cabo. O povo que mora aqui não quer vocês não. Fica na casa de vocês. Estamos no meio de uma pandemia !!!”, escreveu, em tom de crítica, uma internauta no Twitter. “Búzios tá pique réveillon!”, comentou outro.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, Búzios tem 13 mortes e 403 casos registrados do novo coronavírus desde o início da pandemia.

Fila para entrar em Búzios nesta sexta-feira: no inicio da noite, internauta relatou demora de 30 minutos para conseguir passar pela barreira
Fila para entrar em Búzios nesta sexta-feira: no inicio da noite, internauta relatou demora de 30 minutos para conseguir passar pela barreira Foto: Ronald Pantoja

Arraial tem operação especial para o turismo

Para o feriadão, a prefeitura de Arraial do Cabo afirmou que, em comemoração à Independência do Brasil, decidiu abrir partcialmente a cidade, mas de acordo com os decretos de flexibilização e prevenção à Covid-19. As barreiras na entrada da cidade continuam funcionando 24 horas através da Secretaria municipal de Segurança Pública. Ao todo, quatro barreiras estão instaladas em Arraial, sendo uma em Pernambuca, uma em Monte Alto, uma na entrada do bairro Praia do Pontal e nas duas pistas em Figueira.

  • Nesta primeira etapa da flexibilização, somente os seguintes veículos estão permitidos a entrar: moradores e proprietários de imóveis (com comprovante de residência), prestadores de serviços e turistas (com voucher oficial da Prefeitura que comprovem reserva de hospedagem em Arraial do Cabo). Ônibus, excursões, day use (bate-volta) e city tour permanecem proibidos nesta etapa.
  • A fiscalização nas praias também foi intensificada através da Secretaria do Ambiente, por meio da Guarda Ambiental Marítima, a fim do cumprimento do decreto que ainda restringe o acesso à Praia do Forno e às Prainhas do Pontal do Atalaia. Estão liberadas, desde que atendendo as recomendações do Decreto nº3.121, as praias: Praia Grande (centro e Distritos), Prainha, Praia do Pontal (ao lado do Pórtico) e Praia dos Anjos.
  • Os passeios de barco, bugre e quadriciclo também já estão liberados para clientes que comprovem residência ou reserva de hospedagem em Arraial do Cabo através do voucher oficial emitido pela Prefeitura. Somente podem retomar as atividades as embarcações autorizadas a retomar as atividades são as certificadas e cadastradas pela FIPAC, pelo ICMBio e pela ABETEPAC, respeitando o limite de até 50% da capacidade máxima de passageiros em cada passeio e seguindo todos os protocolos da Cartilha Arraial Limpo e Seguro.
  • Hotéis, pousadas e hostels podem funcionar com a capacidade reduzida em 50% dos leitos, sendo proibida a acomodação, no mesmo quarto, de hóspedes de diferentes núcleos (os chamados “quartos compartilhados”). Os hotéis cadastrados no Selo Arraial Limpo e Seguro trabalham durante este feriado com a ocupação máxima dentro do limite estabelecido no Decreto.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, Arraial do Cabo tem 6 mortes e 169 casos confirmados do novo coronavírus desde o início da pandemia.

Cabo Frio libera ambulantes de praia apenas para o feriadão

A prefeitura de Cabo Frio também se movimentou para tentar aproveitar a injeção de ânimo na economia local que pode chegar com os turistas. Mas também continua com restrições.

A principal novidade é a autorização temporária ao trabalho de ambulantes e donos de barracas nas praias da cidade durante o feriado prolongado da Independência, celebrado na próxima segunda-feira, válida apenas nos dias 4, 5, 6 e 7 de setembro. De acordo com a prefeitura, a medida faz parte de um projeto piloto e tem o objetivo de tentar atender a reivindicação de trabalhadores que passam por dificuldades financeiras desde o início da pandemia da Covid-19.

Entretanto, a cidade ainda não liberou em decreto a permanência de banhistas nas praias. O acesso está liberado apenas para atividades esportivas, e não para banho. No entanto, assim como acontece na capital, a regra é totalmente ignorada pelos frequentadores.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, Cabo Frio tem 124 mortes e 2.146 casos desde o início da pandemia. E o município que mais preocupa na Região dos Lagos.

Sem chuva, com sol

Um dos fatores que contribuem também para este movimento grande, mesmo em meio à pandemia, é também a previsão do tempo. De acordo com o Climatempo, o feriado na região não deve ter sinal algum de chuva. Nesta sexta-feira, máxima de 31 graus. No sábado, a temperatura cai um pouco, 25 graus, e haverá nuvem no ceu, mas sem chuva. No domingo, o sol volta a brilhar com força e os termômetros podem atingir os 30 graus.

É bom, no entanto, levar um casaco e, para quem for acampar, carregar também um edredom. A mínima, que ocorre entre a noite e o inicio da manhã, fica entre 17 e 18 graus.