Policia Federal investiga se o traficante Elias Maluco foi executado dentro da prisão

37

A Polícia Federal investiga a morte do traficante Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco. Ele foi encontrado morto, na tarde desta terça-feira (22), na Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná.

Elias Maluco foi preso em 2002, e em 2005, condenado pela morte do jornalista Tim Lopes, que morreu carbonizado na comunidade da Vila Cruzeiro, na Penha, quando fazia uma reportagem sobre abusos de menores em um baile funk.

Na ocasião, o corpo do jornalista foi carbonizado numa fogueira de pneus conhecida como micro-ondas e só pôde ser reconhecido após exame de DNA.

A condenação foi de 28 anos e seis meses de prisão. A mulher e a sogra de Elias Maluco também foram condenadas pelo mesmo crime.