Impeachment de Witzel na Alerj termina em pastelzinho em vez de pizza “deputados comem pastelzinho enquanto votavam”

37

O processo de impeachment do governador afastado Wilson Witzel ganhou um contorno curioso na sessão desta quarta-feira na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Os deputados pediram pastelzinho e coca-cola durante o rito. O momento aconteceu na hora em que Mônica Francisco, do Psol, estava discursando. “Aqui não acaba em pizza, acaba em pastel”, brincaram alguns parlamentares.

O Governador afastado Wilson Witzel é esperado na Alerj para fazer sua defesa junto com seu advogado.

A sessão conta com a participação de deputados de forma on-line ou presencialmente. Caso 47 deputados, dois terços dos 70 parlamentares, votem favoráveis ao impeachment, a denúncia será encaminhada ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJRJ).

O TJRJl terá até 120 dias para concluir se houve crime de responsabilidade, a partir da instalação

Se o caso for aceito, Witzel seria afastado do cargo definidamente. Ele já não está exercendo suas funções como chefe de estado em caráter provisório por outra decisão, do ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

No dia 28 de agosto, Witzel foi afastado por 180 pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), por causa de investigações relativas a sua suposta participação em fraudes na área da saúde.