Polícia Civil interdita depósito clandestino de combustível em Caxias

55

Agentes da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) prenderam um homem em flagrante. Foram recuperados mil litros de óleo diesel de origem criminosa e apreendidos mangueiras e acessórios usados para a prática do crime, além de um simulacro de fuzil

A Polícia Civil interditou, nesta segunda-feira, em Duque de Caxias, um depósito clandestino utilizado para receptar combustível roubado. No local, no bairro Jardim Primavera, os agentes da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) prenderam um homem em flagrante por crime ambiental e contra ordem econômica.

Segundo os agentes, na ação foram recuperados mil litros de óleo diesel de origem criminosa e apreendidos mangueiras e acessórios usados para a prática do crime, além de um simulacro de fuzil. O depósito possui capacidade de armazenamento de, pelo menos, 10 mil litros de combustível.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, as investigações continuam para identificar demais integrantes do grupo criminoso e os locais para onde os combustíveis seriam vendidos.

“Em menos de uma semana, esta é a segunda operação da Delegacia de Defesa de Serviços Delegados para prender acusados de envolvimento em roubo de combustíveis na Baixada Fluminense. Na última quarta, agentes da DDSD realizaram a ‘Operação Baú’ para cumprir mandados de prisão contra uma organização criminosa especializada em furto de combustíveis de dutos da Petrobras. O prejuízo causado pela quadrilha é estimado em R$ 1 milhão de reais. Seis pessoas foram presas”, acrescentou a Polícia Civil em nota.