Polícia faz operação para buscar supostas músicas inéditas de Renato Russo

56

Agentes da Delegacia de Repressão aos Crimes contra Propriedade Imaterial cumpriram, na manhã desta segunda-feira (26), mandados de busca e apreensão em um estúdio musical do Rio de Janeiro, que estaria ocultando obras inéditas do cantor Renato Russo.

De acordo com as investigações, o proprietário do estúdio, que não teve o nome divulgado, é o responsável por esconder as músicas, que atualmente, estão sob direitos reservados ao filho de Renato Russo, Giuliani Manfredini.

No local, a Polícia Civil apreendeu discos do artista, computadores e livros, além de outros equipamentos para armazenamento de mídia.