Polícia Militar mobiliza 22 mil agentes e drones para o dia das eleições municipais

66

 Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro elaborou um planejamento de segurança, com significativo reforço de efetivo para garantir a segurança durante as eleições municipais, que irão acontecer neste domingo. Pela primeira vez, a corporação vai utilizar drones para auxiliar o trabalho dos mais de 22 mil agentes que irão trabalhar.

“As aeronaves remotamente pilotadas, popularmente chamadas de ‘drones’, serão empregadas pela primeira vez num grande evento. Essa primeira experiência será aplicada na Região Metropolitana, onde há uma complexidade maior”, explicou a porta-voz da Polícia Militar, Tentente-Coronel Gabryela Dantas.

Pilotados remotamente por especialistas do Grupamento Aeromóvel (GAM) da Corporação, os drones estarão sobrevoando bairros da Região Metropolitana, transmitindo imagens em tempo real para os centros de operações instalados no Quartel General, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no GAM e até para aparelhos celulares de comandantes de unidades estratégicas.

Planejado com a parceria dos gestores de outros órgãos da área de segurança e do Poder Judiciário, entre os quais o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o modelo de policiamento foi criado a partir das particularidades de cada área, levantadas pelos setores de inteligência dos órgãos envolvidos.

No sábado, véspera da eleição, e no domingo, funcionará no CICC o Centro Integrado de Operações Coordenadas, formado por equipes de 11 órgãos estaduais, municipais e federais: Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria de Administração Penitenciária, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Marinha, Exército, Guarda Municipal, TRE e Ministério Público.