No lugar de lockdown, comércio do Rio vai poder funcionar 24 horas

36

Em coletiva, Crivella anunciou também que as escolas da rede municipal voltarão a ter as atividades presenciais interrompidas, até que haja a diminuição da curva de contágios do novo coronavírus

A partir desta sexta-feira (04), os shopping centres e os centros comerciais do estado do Rio estão autorizados a funcionar 24 horas por dia, por tempo indeterminado. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa com o governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), e o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), no Palácio Guanabara, em  Laranjeiras, na Zona Sul do Rio.

Apesar da medida valer para todo o estado, a iniciativa partiu da capital fluminense. Crivella disse que essa estratégia foi adotada pra que as pessoas não precisem ter pressa nas compras de fim de ano.

“Para evitar aglomerações nos meios de transporte, metrô, trem, BRT, ônibus, os shopping centres e os centros comerciais serão autorizados a funcionar 24 horas por dia. No sentido de que as pessoas não precisam ter pressa que vai fechar, que precisa correr, porque não vai fechar, vai ficar aberto”, afirmou o prefeito do Rio.

Ainda na coletiva, Crivella também anunciou que as escolas da rede municipal voltarão a ter suas atividades presenciais interrompidas até que haja a diminuição da curva de contágio do novo coronavírus. A decisão, segundo o prefeito, atende a um pedido do Ministério Público e do Comitê Científico, que havia recomendado que fosse tomada esta decisão na última quarta-feira (02).

“As escolas municipais nós estamos interrompendo, esperando que a gente consiga controlar essa curva e ela volte a uma estabilidade”, declarou Crivella.

O prefeito ainda informou que os tomógrafos do município irão funcionar 24 horas por dia, a partir da semana que vem. A ideia é aumentar o atendimento aos pacientes infectados pelo novo coronavírus. Outra medida revelada pelos dois gestores é a expansão das fiscalizações no Rio.

Fonte: Radio Tupi