Colunista Lorena Serpa | Tudo que tem vida cresce!

102

Essa frase traz muitas inquietações em meio a sua afirmação tão significativa.

A primeira pergunta é? Que tipo de crescimento?

A segunda pergunta é? Qual propósito e qual tipo de vida?

Você já observou um pé de tomate? Além de viçoso ele tem uma leve textura aveludada, suas folhas trazem um charme em sua sutileza e os frutos são lindíssimos. Interessante é quando uma praga chega a esse pé de tomate; curiosamente há determinados tipos de pragas que não são vistos exteriormente, você observará o crescimento do fruto e ao colhê-lo e cortá-lo ao meio, a praga estará lá, tornando o fruto impróprio ao consumido, não restando outra coisa a não ser jogá-lo fora. E uma outra curiosidade é que certamente todos os frutos estarão com a mesma praga. Isso nos leva a pensar sobre nossas vidas nas mais diversas esferas.

Nós precisamos crescer, porque afinal temos vida, ou seu coração não está batendo no peito? Mas todo coração batendo no peito significa de fato ter vida? Essas perguntas são o X da questão para qualquer pessoa. E gostaria de pensar com você qual o tipo de vida você tem levado e quais nutrientes e pesticidas você tem “adubado” suas raízes a fim de crescer com saúde e de forma viçosa?

Hoje nós vivemos um período onde a aparência parece ser a coisa mais importante da existência, corpos esculturais, os melhores empregos, os carros mais bonitos a serem exibidos, as fotos nas redes sociais de uma vida perfeita como se não houvesse problemas, medos, altos e baixos, dias de sol e dias nublados e com isso, vamos crescendo com o nosso interior cheio de “praga”, doentes emocionalmente, pois a preocupação com o exterior tem sido o alvo de muitos, o que tem levado a uma vida vazia, totalmente insignificante e cheia de escuridão, pois ao fechar os olhos e se levantar da cama no dia seguinte, depara-se com uma realidade bem diferente da apresentada diariamente ao mundo exterior.

Desafio você a olhar para dentro de si, ouvir seus pensamentos e coração, identificar quais nutrientes suas raízes, folhagens e frutos estão precisando. Saiba que existem frutos que não são tão belos, mas que carregam consigo um sabor sem igual.

Escolha não apenas crescer, mas escolha crescer cheio de vida e seja essa vida uma fonte a jorrar! E é certo que todos os frutos serão saudáveis e prontos para saborear.

#naotenhaumavidaqualquer

Lorena Serpa

Pedagoga

Especialista em MBA Gestão Empresarial

Estudante de Psicopedagogia Clínica e

Psicologia Social