Contra prefeito de Rio Bonito, vereadores aprovam aumento de salário

86

Enquanto o único hospital de Rio Bonito segue com todos os leitos de CTI ocupados por causa da Covid-19, os vereadores da cidade não hesitaram em derrubar o veto do alcaide Mandiocão (SDD) ao aumento dos salários de prefeito, vice-prefeito e secretários municipais a partir de janeiro.

O dindim vitaminado — passando de R$ 15 mil para R$ 22 mil — vai para o prefeito eleito Leandro Peixe (Republicanos).

Mandiocão ficou em terceiro lugar na disputa pela reeleição.

Oito nobres foram favoráveis à derrubada do veto. Um foi contrário e outro faltou à sessão — justamente porque está com Covid.

É certo que após esse reajuste, os vencimentos dos vereadores tomarão o mesmo rumo.

A Casa vinha transmitindo suas sessões online, mas, curiosamente, a de quarta-feira não estava disponível. A votação foi secreta.