Ações de combate à criminalidade em Arraial do Cabo são discutidas em reunião entre polícias Civil e Militar, Ministério Público, governo eleito e sociedade civil.

53

Entre as medidas debatidas estão a instalação de câmeras de monitoramento na cidade

O combate à criminalidade em Arraial do Cabo foi tema de um encontro realizado nesta sexta-feira pelas polícias Civil e Militar e Ministério Público Estadual, com a participação de membros do governo eleito e de integrantes da sociedade civil. Foram apresentadas e debatidas medidas que podem ser adotadas em parceria para melhorar a segurança na cidade e combater o tráfico de drogas, principalmente, nessa época de transição, nas festas de fim de ano e durante o verão, quando há aumento no número de visitantes e turistas em Arraial do Cabo.

Participaram da reunião a delegada de Arraial do Cabo, Patrícia Aguiar, a promotora Renata Chagas, o comandante da 6a Companhia da Polícia Militar na cidade, tenente José Alves, o prefeito eleito Marcelo Magno, além de integrantes do novo governo municipal e membros da sociedade civil.
Entre as medidas que foram discutidas estão a instalação de câmeras de monitoramento na cidade e a criação de um centro de monitoramento, importantes para auxiliar os trabalhos da Polícia Civil e da Polícia Militar, melhoria da estrutura da PM, combate a moto-taxistas irregulares e controle dos turistas que frequentam a cidade, para melhorar a qualidade do turismo na região. Segundo a delegada da 132 DP ( Arraial do Cabo), Patrícia Aguiar, foi discutida a implementação de um verdadeiro choque de ordem em Arraial do Cabo.

“Discutimos várias medidas que podem ser adotadas em conjunto para ajudar na luta contra a criminalidade, principalmente, diante da nossa preocupação com a alta temporada. Entre elas, estão, por exemplo, o combate a flanelinhas e estacionamento irregulares, o credenciamento e regularização de barqueiros e a fiscalização dos que atuarem de maneira ilegal, melhoria da qualidade do turista que vem para a cidade e combate ao tráfico de drogas”, apontou a delegada.

As autoridades também aproveitaram para ouvir as demandas de membros da sociedade civil, que apontaram a preocupação com a desordem que se instalou ao longo dos anos, com a realização de bailes e festas e com a chegada de visitantes que vêm em busca do consumo de drogas. Foi destacado que essa situação prejudica os moradores e espanta os bons turistas, que procuram Arraial do Cabo para relaxar.

Outro encontro ainda será realizado antes da virada do ano.

A delegada Patrícia Aguiar também alertou para a importância de todos se juntarem na luta contra a violência e pediu a colaboração da população, com envio de informações e imagens que possam ajudar as autoridades. O número de denúncia da delegacia de Arraial do Cabo é o (22) 98113-6585.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque seu comentário!
Por favor coloque seu nome aqui