Bocão do Povo – Veja os destaques da Política da Região dos Lagos desta Segunda – Feira (21)

93

Deu ruim, sindicato entra com representação no MP para suspender licença prêmio que Adriano deu de natal para ele e a esposa em Cabo Frio

O Sindicato dos Servidores Municipais de Cabo Frio (Sindicaf) entrou com uma representação no Ministério Público, nesta sexta-feira (18), para questionar a concessão de licença prêmio ao prefeito Adriano Moreno e à primeira-dama, Alice Nassif, a partir de 1º de janeiro, quando ele deixa o cargo. Adriano e Alice são médicos da rede municipal de Saúde e conseguiram o benefício por nove e 12 meses, respectivamente.  De acordo com a denúncia feita pelo Sindicaf, a concessão do benefício ao prefeito e à primeira-dama feita pela Secretaria de Administração “descumpriu os preceitos constitucionais de moralidade, impessoalidade e imparcialidade” ao ‘furar a fila’, ou seja, passou à frente dos pedidos de outros servidores.

A entidade afirmou que, apesar de os pedidos de outros servidores terem sido feitos antes dos de Adriano e Alice, não tiveram qualquer decisão até o momento. Muitos servidores manifestaram indgnação nas redes sociais, sobretudo, por causa do atraso no pagamento dos salários de novembro e do décimo terceiro salário. 


Adriano disparou e vira pistoleiro em Cabo Frio caso será investigado pela 126ª DP da Cidade

O Prefeito, Adriano Moreno, do Município de Cabo Frio, na Região dos Lagos, ameaçou cidadãos com uma pistola após os moradores o abordarem na Rua e criticarem a administração dele na Cidade. O fato ocorreu, na tarde deste domingo, no Centro de Cabo Frio, próximo a casa do Prefeito e causou pânico às pessoas que estavam na região, todos correram para se proteger. Não há informações sobre feridos. A reportagem da Rlagos entrou em contato com a Prefeitura, que até o fechamento desta matéria ainda não havia se manifestado sobre o ocorrido. O caso será investigado pela 126ª DP de Cabo Frio


E a conta quem paga? O povo que Saber!

O prefeito eleito de Cabo Frio-RJ, José Bonifácio do PDT, teve a sua candidatura deferida por uma decisão monocrática do ministro Alexandre de Moraes. Com isso, Zé poderá ser diplomado e empossado chefe do executivo cabo-friense enquanto aguarda o julgamento de seu registro de candidatura pelo colegiado do TSE . No entanto, Bonifácio contou com uma bancada de advogados forte, respeitada e uma das mais caras do país. O corpo jurídico de Zezinho foi composto por Henrique Neves e Fernando Neves, dois ex-ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além de Eduardo Damian, famoso advogado dos processos do ex-prefeito da cidade Marquinho Mendes (MM). Marquinho foi eleito em 2016, tomou posse em 2017, mas foi exonerado do cargo em 2018, dando causa a uma eleição suplementar no mesmo ano. As firmas de direito contratadas custam milhões, não são baratas. Quem vai pagar essa conta? O que se ouve nas ruas é: “Com um governo onde Jefferson Vidal é o dono da chave da Comsercaf e Aquiles o maestro do governo, o que esperar do PDT? As velhas práticas de governos anteriores ? MM fez escola ? Pois não há diferença de um pra outro. É o que se escuta dos cidadãos do município por aí.


Deputado Mauro Bernardo diz em vídeo que vai apurar truculência da PM com servidores da saúde

O deputado estadual pelo estado do Rio de Janeiro, Subtenente Bernardo (PSDB), fez um vídeo nas suas redes sociais se solidarizando e prometendo ajudar as pessoas, que foram vítimas de agressão da Polícia Militar. Naquele protesto dos profissionais da Saúde de Cabo Frio-RJ, que aconteceu na última sexta-feira (18). Onde a PM agiu com truculência contra os manifestantes que faziam uma manifestação pacífica na Ponte Feliciano Sodré, por causa dos atrasos de salários da Prefeitura cabo-friense.

“Meus amigos, estou indignado com a agressão, que os manifestantes sofreram sexta-feira na Ponte. Então, vamos lá. Vamos por etapas! Primeiro, a manifestação era uma manifestação legal. Esses caras… esse pessoal que estava fazendo a manifestação, é pessoal que bota a vida dele em risco pela gente, cara! Pelo Amor de Deus! Eles estão sem salário, eles estão sem 13°! E bota a vida deles em risco. Se eu estou vivo hoje, não peguei Coronavírus, Graças a Deus, agradeço a eles. Se você está vivo, agradeça a eles.

Sem salário e 13ª servidores da saúde voltam a fechar a ponte em Cabo Frio

Profissionais da Saúde de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, fizeram uma manifestação na manhã desta segunda-feira (21) no Centro da cidade.

Os servidores cobram o salário de novembro e o pagamento do 13º salário que, por lei, deveriam ter sido pago até o dia 20 de dezembro.

Cerca de 30 pessoas participam do movimento que fechou o acesso à Ponte Feliciano Sodré. A cada 10 minutos eles liberam a passagem dos motoristas. A Polícia Militar está no local acompanhando o protesto para garantir a segurança no local. Os servidores seguraram cartazes com frases como “Saúde enfrenta ‘o Covid’ sem pagamento”, “Queremos respeito e dignidade” e “Saúde de luto”. A Prefeitura tem escalonado os pagamentos de diferentes pastas. Ou seja, os pagamentos de cada setor são feitos em dias diferentes.


Prefeito de Cabo Frio tentou atropelar servidores da saúde e teve carro quebrado

Servidores da Saúde do município de Cabo Frio-RJ faziam uma manifestação hoje na cidade reivindicando salários atrasados e o 13° salário não pagos pela Prefeitura cabo-friense.

De acordo com relatos de manifestantes, o prefeito Dr. Adriano Moreno estava fugindo deles e os ofendendo com palavras de baixo calão, além de forçar o carro para atropelá-los. Teria relatos de que o motorista teria sacado uma arma contra os manifestantes.


Bonifácio entrega os cofre de Cabo Frio nas mãos de Daniele Mendes filha de Jânio Mendes

O desafio de equilibrar as contas públicas, tirar Cabo Frio do atoleiro econômico e honrar com os pagamentos da Prefeitura ganha um novo fôlego no ano que vem. A partir do dia 1º de janeiro, com a posse do prefeito eleito José Bonifácio, a Secretaria de Fazenda estará sob o comando da administradora pública e advogada Daniella Mendes.

“Os principais objetivos iniciais são a busca pela eficiência na arrecadação, a promoção de cortes de gastos e ajuste fiscal e a renegociação das maiores dívidas do município. Acreditamos que, para equacionar o desafio do pagamento em dia do funcionalismo, o mais importante é colocar esta questão como a prioridade número 1”, afirma a futura secretária de Fazenda de Cabo Frio.

Daniella Mendes é formada em administração pública pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), e em direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ainda durante as faculdades, foi pesquisadora de Iniciação Científica e coautora de estudos acadêmicos. Atualmente, além de sua atuação profissional, é a presidente do Diretório Municipal do PDT – Cabo Frio.