Polícia investiga morte de jovem que foi esquartejada pelo ex- namorado que não aceitou o fim do relacionamento no Rio de Janeiro

286

A Polícia Civil do Rio investiga o desaparecimento de uma jovem da Favela da Kelson’s, na Penha, na Zona Norte do Rio.

Testemunhas afirmam que Bianca Lourenço, de 24 anos, foi morta pelo ex-namorado, que não teria aceitado o fim do relacionamento. O ex também teria envolvimento com o tráfico de drogas da Penha.

Outra motivação para o crime, de acordo com mensagens que circulam em redes sociais, seria uma série de fotos de biquíni publicadas pela jovem.

Não houve registro de desaparecimento ou do suposto homicídio na polícia. O caso está sendo investigado pela 22ª DP (Penha), com base no que a polícia tem visto desde segunda-feira (4) nas redes sociais.

Uma testemunha contou que ela manteve o relacionamento por pouco mais de um ano e que outras atitudes demonstraram que o ex é violento.

“Esse cara já foi armado à Rodoviária atrás dela para não deixar ela viajar. Fechou a Avenida Brasil para sequestrá-la, mas não conseguiu. Ele não aceitava de jeito nenhum o fim do relacionamento”, relatou.

Bianca voltou para a casa de parentes, em Nova Iguaçu, e depois sumiu. A família foi até a Kelson’s para pedir o corpo, mas o ex afirmou “não ter feito nada”.

Homenagens à família

No último Natal, no dia 25 de dezembro, Bianca escreveu:

“Não troco minha paz com minha família por nada, é uma data de tanto amor que eu só quero estar perto deles mesmo que seja pra comer e dormir.”

Informações sobre o paradeiro de Bianca podem ser compartilhadas de forma anônima para o Disque-Denúncia, no (21) 2253-1177.