Acidente com avião mata quatro jogadores e presidente do Palmas

254

Um avião com parte da equipe do Palmas Futebol Clube caiu na manhã deste domingo, pouco após decolar, no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional, em Tocantins. Os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, o presidente, Lucas Meira, e o piloto da aeronave, identificado como ‘comandante Wagner’ morreram, segundo o clube.

O Palmas estava indo para Goiânia, onde enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde. Nas redes sociais do time foram compartilhadas imagens do último treino realizado no Tocantins neste sábado. O jogo estava marcado para 16h de segunda-feira, no estádio OBA, em Goiânia. O Vila Nova emitiu nota lamentando o acidente e informando que vai colaborar para o adiamento da partida.

O acidente foi na manhã deste domingo. O avião caiu momentos após decolar de uma pista de pouso no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional. A aeronave tinha acabado de decolar e acabou atingindo o solo em um matagal logo após a cabeceira da pista.

Nota do Palmas

O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar