Por falta de gestão barreiras sanitárias de Búzios vão funcionar somente em ‘horários de pico’

72

A gestão do prefeito de Búzios, Alexandre Martins (Republicanos), resolveu mudar a recepção aos turistas.

Na ultima sexta-feira (22), quem chegou cedo à cidade litorânea deu de cara com as barreiras sanitárias… desertas.

Segundo a secretaria de Comunicação, depois de um estudo, a administração resolveu ativar o bloqueio nas entradas do município somente em “horários de pico” — que não serão divulgados.

A pasta afirma ainda que vai intensificar a fiscalização dentro da cidade, nos comércios, hotéis e praias, mas não especificou como serão essas ações.

Atualmente, o balneário — que chegou a ser fechado por ordem judicial após o descumprimento de um acordo com o Ministério Público — tem cinco de seus 17 leitos para Covid-19 ocupados, de acordo com o site da prefeitura.

A Região da Baixada Litorânea foi classificada como laranja pelo governo do estado entre o Natal e até a primeira semana de janeiro, mas voltou à cor amarela, de baixo risco para a contaminação pelo novo coronavírus.