Chorão | Deputado Federal Daniel Silveira se desculpa em sessão da Câmara e volta atrás reconhecendo sempre a importância do STF

359
Brasília- DF. 19-11-2019- Deputados Daniel Silveira que quebrou a Placa da Marielle e coronel Tadeu que quebrou a placa do dia da consciência negra no corredor da câmara. Sorrindo, deputados bolsonaristas comemoram ataque a exposição sobre Consciência Negra na Câmara. Foto Lula Marques

Preso em “flagrante delito” na última terça-feira (16) por fazer ameaças a ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e ao Estado Democrático de Direito, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) adotou tom sensivelmente mais brando e um novo discurso em sessão na Câmara dos Deputados que avalia se mantém ou revoga sua prisão.

“Assisti ao vídeo três vezes e vi que me excedi na fala”, disse ele.

“Peço desculpas a todo o Brasil, todos os juristas renomados, que perceberam que me excedi na fala. Peço desculpas a qualquer brasileiro que tenha se ofendido, mas já me arrependi”, afirmou o parlamentar, que admitiu ter usado falas “realmente duras”.

Natália Lázaro

Colaboração para o UOL, em Brasília

19/02/2021 17h26Atualizada em 19/02/2021 19h05

Preso em “flagrante delito” na última terça-feira (16) por fazer ameaças a ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e ao Estado Democrático de Direito, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) adotou tom sensivelmente mais brando e um novo discurso em sessão na Câmara dos Deputados que avalia se mantém ou revoga sua prisão. “Assisti ao vídeo três vezes e vi que me excedi na fala”, disse ele.

“Peço desculpas a todo o Brasil, todos os juristas renomados, que perceberam que me excedi na fala. Peço desculpas a qualquer brasileiro que tenha se ofendido, mas já me arrependi”, afirmou o parlamentar, que admitiu ter usado falas “realmente duras”.

Em um dia ou dois nós mudamos a cabeça, nós mudamos a mente. Não estou aqui querendo justificar a fala no meu primeiro mandato, talvez por uma inexperiência sobre o que está acontecendo no Brasil.”Daniel Silveira

As falas a que Silveira se refere constam de um vídeo transmitido ao vivo em suas redes sociais com ataques a ministros da Corte — em especial, a Edson Fachin, Gilmar Mendes e ao próprio Moraes.

Uma delas usa palavras de baixo calão para se dirigir a Fachin: “O que acontece, Fachin, é que todo mundo tá cansado dessa tua cara de filha da puta, que tu tem, essa cara de vagabundo, né? […] Por várias e várias vezes já te imaginei levando uma surra”. Hoje, Silveira mudou seu discurso e ressaltou a importância da Corte que ofendeu há alguns dias:.