Operação Carnaval tem avaliação positiva em Macaé

O encontro tratou sobre futuras atividades, como por exemplo a continuidade das ações de preservação do meio ambiente

106
Reunião Dos participantes da Operação Carnaval. Realizada no gabinete do Secretário Municipal de Ordem Pública. Macaé, 18/02/2021. Rio de Janeiro/Brasil

Para avaliar e fazer um balanço da “Operação Carnaval”, representantes das secretarias e órgãos municipais se reuniram nesta quinta-feira (18). O encontro tratou sobre futuras atividades, como por exemplo a continuidade das ações de preservação do meio ambiente e da integridade e bem-estar dos macaenses e turistas.

“Houve pouquíssimos incidentes porque os agentes públicos se fizeram presentes. Ocorreram interdições, que evitaram a utilização de churrasqueiras nas cachoeiras. Também houve repressões às desobediências no trânsito, inclusive com apreensões de vans no Sana”, informou, o representante da Secretaria de Ordem Pública, Alan de Oliveira.

Ele avaliou a “Operação Carnaval” como positiva. “Os turistas que visitaram a cidade puderam encontrar um ambiente tranquilo, com respeito às regras de distanciamento e sem aglomerações”.

Já o subsecretário de Ambiente e Sustentabilidade, César Romero, destacou que foi colocado em prática o Decreto Municipal 033. “Evitamos, por exemplo, que 16 vans entrassem na região serrana. A poluição sonora também foi impedida em bares e restaurantes”, pontuou.

No município foram realizadas, pelos guardas municipais, 35 repreensões a motociclistas por conduta perigosa e 28 interceptações a motoristas com som alto nos automóveis. Quinze comerciantes foram autuados e outras duas fiscalizações ocorreram por invasão a área pública na região serrana. Também aconteceram 14 denúncias por infração de trânsito e duas dispersões por festas particulares em área pública.

A “Operação Carnaval” contou com a atuação de órgãos como a Guarda Municipal, Guarda Ambiental, GAOp, Polícia Militar, Posturas, Vigilância Sanitária e secretarias de Ordem Pública, Interior, Defesa Civil, Mobilidade Urbana, Turismo, Ambiente, Saúde, Casa Civil e Serviços Públicos.