Padrasto que abusou da enteada de 11 anos em Cabo Frio, por 2 anos é preso em Petrópolis pela policia civil

113
Policia Civil - Divulgação

PETRÓPOLIS – Foi preso neste domingo (28), um homem acusado de estuprar a enteada de 11 anos desde que a criança tinha 9. Antes de ser preso o padrasto estuprou a mesma durante 6 hora quando sua mãe estava trabalhando. Ele foi localizado em Petrópolis, na Região Serrana, por policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), numa nova etapa da Operação Proteção à Infância após ações de inteligência e monitoramento.

De acordo com os agentes, os abusos aconteceram dentro de casa, enquanto a mãe da menina dormia. Para a vítima não relatar os crimes, o autor teria feito ameaças de morte à ela e a parentes.

Ainda segundo os policiais, o crime foi descoberto quando a menina foi morar com seu pai biológico, em Cabo Frio, na Região dos Lagos, após ser questionada sobre o seu modo reservado de agir. A menina então relatou o que sofreu nos dois últimos anos. Diante disso, o pai registrou ocorrência na polícia.

Em nota, a corporação informou que a Operação Proteção à Infância foi desencadeada pela DCAV em dezembro de 2020 e já prendeu nove autores de abusos contra crianças e adolescentes.

Comentários