“Coinbase é o próximo Facebook”, diz Bloomberg

83

Por Mirian Romão

A exchange de criptomoedas Coinbase, é o próximo “Facebook”, para a Bloomberg, é um raro unicórnio lucrativo.

Enquanto a Coinbase se prepara para abrir o capital nas próximas semanas, relatórios sugerem que a exchange valerá cerca de US$104 bilhões. 

A empresa oferecerá aos investidores do mercado público uma chance de entrar no mercado de criptomoedas sem comprar Bitcoin (BTC).

O relatório levou a Bloomberg acreditar que a Coinbase será a mais valiosa de qualquer empresa de tecnologia dos EUA desde o Facebook. 

A comparação a primeiro momento parece ser um pouco “exagerada”, uma vez que o Facebook tem um nome conhecido em todo o mundo e tem mais de dois bilhões de usuários. 

Enquanto a Coinbase ainda ocupa um nicho relativo, lançando bitcoin para uma base de clientes principais. 

A empresa já possui mais de 40 milhões de clientes, mas apenas 2,8 milhões utilizam a plataforma em um determinado mês. 

Comparar a exchange com cerca de US104 bilhões é uma aposta de que a empresa crescerá e se tornará um colosso que obterá lucros para justificar seu preço impressionante. 

Assim como o Facebook passou de uma pequena plataforma para universitários para uma gigante rede social, a Coinbase está prestes a ser muito maior do que apenas Bitcoin.

A empresa com o tempo, provavelmente se tornará a “espinha dorsal de um novo mundo financeiro”, segundo o Decrypt. 

O mercado financeiro será envolvido pela tecnologia blockchain e tokens digitais e a exchange ajudará a impulsionar a tecnologia. Somente no ano passado, a Coinbase faturou US$3222 milhões.

O domínio da Coinbase significa que a exchange está prestes a perturbar bancos e bolsas de valores tradicionais.